ACESSO RESTRITO

Notícias

Braskem investe US$ 34 milhões em fábrica nos Estados Unidos

OESP B6 - 28/06/2014

A Braskem anunciou que vai investir US$ 34 milhões na construção de uma nova fábrica em La Porte no
Texas, nos Estados Unidos. A unidade produzirá uma resina conhecida comercialmente como Utec e
usada como componente na construção civil, produção de artigos militares e produtos para extração de
petróleo. A indústria química brasileira divulgou que pretende iniciar as obras da fábrica a partir do terceiro
trimestre deste ano, com conclusão prevista para o primeiro semestre de 2016. A empresa já produz
polipropileno em La Porte. "Trata-se de um passo lógico para o nosso negócio, uma vez que a
comercialização da Utec já existe há mais de 10 anos nos EUA. A iniciativa permitirá à Braskem ampliar e
intensificar sua atuação estratégica no cenário internacional", afirmou o VP dos negócios da Braskem nos
EUA e Europa, Fernando Musa.

Disponibilidade de matéria-prima

A empresa, que tem uma fábrica de Utec no Brasil, em Camaçari, diz que a produção nos EUA será
complementar à brasileira. Questionada pelo Estado sobre por que não fez o investimento no Brasil, a
empresa respondeu, em comunicado, que "já tem uma planta para a produção da resina Utec em
operação na Bahia e avaliou diversos locais para fazer sua segunda. Os EUA reuniram as melhores
condições de competitividade, como disponibilidade de matéria-prima, proximidade com os clientes e
crescimento do mercado para este tipo de resina especial". A empresa disse também que a resina
produzida nos Estados Unidos abastecerá, principalmente, o mercado americano e europeu.

Polo petroquímico em West Virginia

Esse é o segundo investimento recentemente anunciado pela Braskem nos Estados Unidos. Em
novembro do ano passado, a companhia informou que vai construir, em parceria com a Odebrecht
Ambiental, um polo petroquímico no Estado de West Virginia. A estruturação do projeto será feita pela
Odebrecht Ambiental, mas a Braskem será a operadora do complexo. Com produção nos Estados
Unidos, a Braskem poderá desfrutar dos ganhos de produtividade que o gás de xisto, tecnologia que
revolucionou o setor energético americano, deve trazer à indústria petroquímica no país. A tecnologia
trouxe uma redução no preço do gás americano, que hoje representa cerca de um quarto do custo do gás
para a indústria no Brasil. Esse insumo é um dos principais custos para a indústria química e pode
responder por até 35% dos gastos para produção.

México

Outra frente de expansão internacional da Braskem são os projetos no México. A empresa está
construindo um complexo de produção de etileno no país em parceria com o grupo mexicano Idesa. O
projeto é batizado de Etileno XXI e se constitui no maior investimento estrangeiro direto feito por uma
empresa brasileira no México e o maior do setor petroquímico do país. O polietileno é matéria-prima para
o plástico e componente da indústria automotiva, de embalagens e eletrodomésticos. O complexo é o
maior projeto de um plano de investimento de US$ 8 bilhões do grupo Odebrecht no México entre 2012 e
2018. - OESP B6 28/06

Outras notícias

Odebrecht vai investir até R$ 40 bilhões - 07/04/2014

Odebrecht vai investir entre R$ 30 bilhões e R$ 40 bilhões nos próximos três anos em diferentes áreas de atuação. O presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, disse ao Valor que haver...

Santos Brasil e Basf consolidam operação logística inédita no País - 03/04/2014

A Santos Brasil, empresa referência na operação de contêineres na América do Sul, e a Basf, multinacional líder da indústria química mundial, são as protagonistas de um modelo logí...

Surya Brasil amplia linha de cosméticos utilizando PE verde da Braskem - 26/03/2014

A empresa Surya Brasil, marca líder em cosméticos naturais, veganos e orgânicos, está ampliando sua linha Sapien Women com o lançamento de quatro novos produtos. Estes possuem como...

Indústria faz copo que adere à terra - 24/03/2014

A busca por soluções criativas para gerenciar resíduos sólidos acaba de ganhar mais um aliado. Trata-se do copo descartável e compostável desenvolvido pela catarinense Minaplast. O...

Estudo do BNDES mapeia oportunidades na área química - 20/03/2014

Os desafios tecnológicos que cercam a exploração de petróleo e gás em águas profundas podem servir de incentivo para o aumento da produção de químicos para este segmento no Brasil....

Tampa de garrafa da Clever Pack é reutilizada como brinquedo - 14/03/2014

A companhia brasileira de embalagens Clever Pack lançou as tampas de garrafa Clever Caps, que
oferecem um novo design amigável ao meio ambiente, visto que elas possam ter um ...

Aumento nas resinas preocupa setor plástico - 10/03/2014

Os fabricantes de produtos plásticos acabados estão enfrentando dificuldades para repassar os aumentos das suas principais matérias-primas: as resinas termoplásticas. As críticas s...

Processamento de derivados vai atender à demanda em 2020 - 27/02/2014

A presidente da Petrobras, Graça Foster, anunciou, ontem, que a estatal poderá reconquistar em 2015 sua autossuficiência em volume de petróleo produzido (quando esse volume alcança...

Diretor da Braskem diz que inovação não se mede só com patente" - 25/02/2014

A petroquímica Braskem, do grupo Odebrecht, ganhou projeção internacional nos últimos anos ao produzir o chamado ‘plástico verde’ (ou polietileno verde, no termo técnico) fabricado...

Sacolas plásticas podem ser transformadas em combustível - 20/02/2014

Inimigas do meio ambiente de carteirinha, todo mundo tem um canto da casa destinado especialmente a guardar as sacolas plásticas resultantes das compras no supermercado. Não adiant...

EMPRESA DE TERMOPLÁSTICOS DO NORDESTE ETENO LTDA
eteno@eteno.com.br

Rua Dr. José Pacífico Pereira, 93 - Boa Viagem - Recife-PE
CEP: 51130-610 | Tel/Fax: (81) 3342.2323

Rua D Poloplast, S/N, Galpão 04 - Ponto Certo - Camaçari-BA
CEP: 42801-170 | Tel/Fax: (71) 3454.1300
Parceiros
 
ZAITE Tecnologia